COMENTANDO:
A escolha de Sofia

A ESCOLHA DE SOFIA


Este livro é sobre o Holocausto, mas não é um livro clichê sobre o tema, não nos faz ficar presos nos atos de crueldades em si, ele vai além, nos faz entender o conceito político baseada na tal história de cálculos, de custos, de lucros e de prejuízos, faz o corpo arrepiar diante de pensamentos infrutíferos, nos faz arregalar os olhos com tanta perversão até porque esses pensamentos ainda estão tão presente ainda hoje.


Nos atenta para a escravidão, não tão claras nos livros sobre o Holocausto, com a mesma finalidade que toda escravidão suscita, o extermínio do escravizado.


Conta sobre a culpa das vítimas que ainda permaneciam vivas, a cumplicidade sentida pela morte das outras vítimas, o que poderiam ter feito para ajudá-los, o que fez para merecer a vida no lugar do outro? Tanto sofrimento incoerente mas mesmo assim grande sofrimento. 


A guerra é cruel com todos, há muitos exterminados não falados, a crueldade nazista não perdoa ninguém, a raça pura é inalcançável derramando sofrimento por onde passa.


Não se pode subestimar a maldade dos fascistas mesmo desejando esse "tal" conforto imaginário, há de se ficar atento, há de não subjugá-los ontem, hoje e sempre.


E imaginar que se uma seleção de pureza existisse de fato, seriam eles os primeiros a serem eliminados, nada de puro há na maldade e na arrogância. 


"Deixe o seu amor fluir sobre todas as coisas vivas."

Autor: William Styron
Categoria: Adulto
Editora Record
Publicação: 1979
548 páginas
Fonte: Link: https://pt.wikipedia.org/wiki/William_Styron

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

William Styron


Darkness Visible: A Memoir of Madness by William Styron

William Clark Styron, Jr. (Newport News, Virgínia, 11 de junho de 1925  Martha's Vineyard, Massachusetts, 1 de novembro de 2006) foi um escritor estadunidense.

William Styron ficou famoso por dois romances, As Confissões de Nat Turner, e A Escolha de Sofia. Este último foi adaptado para o cinema no início da década de oitenta, com Meryl Streep interpretando a personagem título, numa atuação antológica que lhe valeu o Óscar de Melhor Atriz. Embora tenham feito enorme sucesso, os dois livros foram bastante criticados, As Confissões de Nat Turner por supostamente 'distorcer' a história dos negros nos EUA, e A Escolha de Sofia por sua abordagem do drama dos judeus durante o Holocausto.

Morreu vitimado por pneumonia.

Outros Posts


PARCEIROS: