COMENTANDO:
As sete irmãs

Sabe aqueles livros despretensiosos, que você lê com tranquilidade a história contada sem precisar despender muita energia? As sete irmãs é um desses livros.
Conta a história das sete irmãs (na realidade são apenas seis irmãs), que foram adotadas por um marinheiro que viaja ao redor do mundo trazendo-as de diversos lugares e, na sua morte são presenteadas por ele com a possibilidade de irem ao encontro de suas origens. Este primeiro livro conta a história da irmã mais velha, Maia, e para isso utiliza um pouco da mitologia grega para explicar a origem de seu nome e tem como cenário o Rio de Janeiro na época da construção do Cristo Redentor.
Maia sai em busca de seu passado e acaba resolvendo o seu presente com grandes promessas para seu futuro. Embora seja ficção entra-se em contato com um pouco da história da construção do Cristo Redentor e de como vivia a sociedade brasileira dessa época.
Época essa onde as mulheres tinham pouca ou nenhuma voz ativa principalmente no que diz respeito nas escolhas de seus companheiros de uma vida, tornando-as muitas vezes infelizes e fadadas a viver tal infelicidade.
Vê-se, também, que as histórias se repetem se tornando herança que muitas vezes passa de mãe para filha, herança essa, no caso de Maia, nada agradável.
O interessante desse livro é que o leitor brasileiro se sente muito familiarizado com o cenário e a cultura ali descrita, mas muitas vezes é um livro bastante previsível e surpreendentemente surpreendente o seu final.
Aguardemos então a história das outras cinco irmãs.
Comentando postado em 10/06/2016
Autor: Lucinda Riley
Categoria: Adulto
Editora Novo Conceito
Publicação: 09/01/2014
1ª Edição
Fonte: Link: http://www.livrariacultura.com.br/e/lucinda-riley-21031319

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

Lucinda Riley




Escritora do gênero romance, Lucinda Riley nasceu na Irlanda no ano de 1968. O primeiro livro, Amantes e Jogadores, foi escrito quando a autora tinha 24 anos. Em alguns de seus livros, a escritora adotou o pseudônimo Lucinda Edmonds. Atualmente, Riley vive com o marido e os filhos na França. Entre suas principais obras estão Beleza escondida, Perder você, Brincando com o fogo, Vendo o dobro, entre outros. Porém, foi o livro A casa das orquídeas que virou best seller do The New York Times, vendendo mais de 2 milhões de cópias pelo mundo. A obra A garota do penhasco também entrou para essa lista na primeira semana de vendas. Os livros dela já foram traduzidos para 22 línguas e publicados em 36 países. Veja as principais obras de Riley: Amantes e jogadores,1992 Beleza escondida, 1993 Enchanted, 1994 Não é bem anjo para, 1995 Aria, 1996 Perder você, 1997 Brincando com fogo, 1998 Vendo o dobro, 2000 Estufa Flor, 2010 A menina em um penhasco, 2011 A luz atrás da janela, 2012 The Midnight Rose, 2014.


Outros Posts


PARCEIROS: