COMENTANDO:
Dois ou mais corpos no mesmo espaço


Este é um livro de poesia que derrama liberdade.Tenho a impressão que Arnaldo Antunes se divertiu ao construir esse livro, ele brinca o tempo todo com as palavras, a maneira de mostrá-las, com o jeito de expressá-las. Ele diz o que diz e, com isso, o leitor precisa desvendar o que lê.Ele escreve e representa o que escreve com um simples desenho, com letras flutuando no espaço, ondulando frases feitas ondas no mar, feito a vida que ora está acima, ora está abaixo. Aproveita o que já existe e nos mostra um novo olhar, um olhar poético que muitas vezes distraídos não vemos.É um livro que causa estranheza, vontade de melhor entendimento e, ao mesmo tempo, traz tranquilidade ao saber que podemos entendê-lo além do que está escrito, representado, pois como disse anteriormente a liberdade está presente em cada página, proporcionando o entendimento único, de cada um, proporcionando inclusive a possibilidade de dizer se gostamos ou não de sua companhia.Fim da conversa no bate-papo.
Comentando postado em 19/06/2016
Autor: Arnaldo Antunes
Categoria: Adulto
Editora Perspectiva
Publicação: 08/01/2012
03
Fonte: Link: http://www.extra.com.br/livros/LiteraturaNacional/livrosContosCronicasEnsaios/Dois-ou-Mais-Corpos-no-Mesmo-Espaco-Arnaldo-Antunes-90211.html

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

Arnaldo Antunes




Arnaldo Antunes, poeta e músico que vem marcando sua presença na criação literária e na MPB, pela forma especialmente feliz com que trabalha os recursos dos multimeios e da intersemioticidade, representa, nas suas propensões e na sua prática, o que de mais significativo e vanguardeiro vem realizando a jovem poesia brasileira. Este seu livro, publicado pela Editora Perspectiva na coleção Signos, dirigida por Haroldo de Campos, evidencia o poder de invenção poética e imaginação plástica que animam a arte de seu cancioneiro.


Outros Posts


PARCEIROS: