COMENTANDO:
Estamos todos completamente transtornados

Interessante,no início da leitura desse livro fui tendo a sensação de fazer parte dos completamente transtornados, nada fazia muito sentido, a história estava muito fragmentada gerando desconforto na leitura mas, será que essa é a intenção da autora?

Me familiarizando mais com a história e perguntando o que mais havia ali fui me dando conta que é necessário ter muito cuidado e muita delicadeza para tocar na vida de qualquer ser vivo.

Estamos todos ligados, conectados pelo cordão da vida, feito uma enorme teia de aranha, não é possível mexer numa vida sem atingir outras por isso, mesmo sabendo não ser uma tarefa fácil,devemos tocar com carinho a própria vida e a vida do outro pois todas as vidas importam.

cuidemos um do outro para não ficarmos completamente transtornados.


post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO




Karen Joy Fowler no 2013 Texas Book Festival.

Fowler nasceu em Bloomington, Indiana , e passou os primeiros onze anos de sua vida lá. Sua família se mudou para Palo Alto, Califórnia . Fowler frequentou a Universidade da Califórnia, Berkeley , e formou-se em ciência política . Depois de ter um filho durante o último ano do programa de mestrado, ela passou sete anos dedicados à criação de filhos. Sentindo-se inquieto, Fowler decidiu fazer uma aula de dança e depois uma aula de redação criativa na Universidade da Califórnia, Davis . Percebendo que nunca conseguiria dançarina, Fowler começou a publicar histórias de ficção científica, fazendo seu nome com o conto "Recalling Cinderella" (1985) emL Ron Hubbard apresenta Writers of the Future Volume 1 (1985) e Artificial Things (1986), uma coleção de contos.

Outros Posts


PARCEIROS: