COMENTANDO:
Incidentes da vida de uma escrava, escrita por ela mesma

Os escravistas são abusivos, violentos, sim, digo são, pois ainda hoje vivem. Onde fazem sua formação de torturadores? Na mesma instituição? São tão parecidos em suas maldades inescrupulosas que acredito que vieram do mesmo saco de maldades.


O que faz com que tantos adotem a maldade? Será que ela vive dentro do coração de todo ser humano que associado ao poder faz com que ela  aflore, dominando todos os seus sentidos?


Realmente é muito difícil entender como é permitido tais atrocidades que rouba a vida ingênua de crianças, destrói sonhos, esmaga afetos.


Mas os oprimidos não se rendem, tudo lhes é arrancado menos sua dignidade e  sua luta pela vida.


Quero crer que o bem vença o mal sempre, mas é necessário grande esforço para manter essa fé.

AUTORIA DO LIVRO

Harriet Jacobs


Harriet Ann Jacobs – Wikipédia, a enciclopédia livre

Harriet Jacobs foi uma escritora afro-americana que fugiu de uma vida de escravidão e depois conseguiu se libertar. Tornou-se abolicionista, palestrante e reformista social. Sua obra mais famosa é sua autobiografia Incidentes da vida de uma escrava, publicado em 1861, com o pseudônimo de Linda Brent. Wikipédia

Nascimento11 de fevereiro de 1813, Edenton, Carolina do Norte, EUAFalecimento7 de março de 1897, Washington, D.C., EUANome completoHarriet JacobsFilhosLouisa Matilda JacobsJoseph JacobsPaisElijah KnoxDelilah Horniblow

Outros Posts


PARCEIROS: