COMENTANDO:
Outros jeitos de usar a boca

Este livro grita a poesia, sim...grita alto a ponto de fazer arrepiar todos os pêlos do corpo e fazer palpitar a alma e o coração freneticamente.

 Rupi Kaur grita a poesia para que a dor apareça e faça com que todas as meninas, moças e mulheres não se calem perante os abusos sofridos, vezes camuflados, vezes esbarrados, vezes tocados mas sempre abusados.

 Em seguida sussurra o amor nas entrelinhas do olhar, do toque, das palavras. E, é só reconhecendo o amor próprio que consegue romper com aquele que lhe causa dor.

Será ela uma poeta gritante para nos atentar que todas nós mulheres não devemos aceitar nada menos que o respeito e o amor que nos pertence?

Eis um livro para deixar na cabeceira da cama para nunca se esquecer do humano que se é.


https://amzn.to/2IdAqXn



Autor: Rupi Kaur
Categoria: Especial
Editora Planeta
Publicação:
1ª Edição
Fonte: Link: https://g.co/kgs/1zzkQs

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

Rupi Kaur



Rupi Kaur é uma poetisa feminista contemporânea, escritora e artista da palavra falada. Ela é popularmente conhecida como Instapoet pela atenção que ela ganha online com seus poemas no Instagram. WikipédiaNascimento5 de outubro de 1992 (idade 25 anos), Punjab, ÍndiaNacionalidadeCanadenseFormaçãoTurner Fenton Secondary SchoolIrmãPrabh KaurPrêmiosGoodreads Choice Awards Best Poetry

Outros Posts


PARCEIROS: