COMENTANDO:
Ponto cardeal

Não faço a mínima ideia de como é viver no próprio corpo sem ele ser realmente o seu corpo. Não consigo sequer imaginar a confusão e o sofrimento que isso pode trazer.


Há de se lidar com a aceitação própria e do outro, árduas tarefas, as vezes tão acusatórias, tão assustadoras. É preciso coragem para enfrentar a si e aos outros, extrema coragem.


É como uma dificuldade que todos encontram para voltarem a se acomodar no sofá que todos sentavam, pois quando um se mexe todos necessitam se reacomodar. muitas vezes gerando grandes conflitos.


Existe um saber psicológico que poucos alcançam, por estarem tão distante dessa realidade, mas há que se fazer grande, assistindo as diferenças e respeitando-as.


Coragem é o que todos precisamos.

Autor: Léonor de Récondo
Categoria: Adulto
Editora TAG
Publicação: 2020
172 páginas
Fonte: Link: https://translate.google.com/translate?hl=pt-BR&sl=fr&u=https://en.wikipedia.org/wiki/L%25C3%25A9onor_de_R%25C3%25A9condo&prev=search&pto=aue

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

Léonor de Récondo


Léonor de Récondo présente son livre

Léonor de Récondo começou a aprender violino aos cinco anos. Ela se tornou violinista barroca , e foi laureada no concurso internacional de música barroca Van Wassenaer (Holanda) em 2004. 

Léonor de Récondo começou a carreira de escritor em 2010 ao publicar seu primeiro romance, La Grace du cyprès blanc . Em 2013, após a publicação de seu romance Sonhos Esquecidos , ela recebeu o Prêmio Literário para Alunos do Ensino Médio e Aprendizes da Borgonha.

Em 2015, ela foi premiada com o prix des libraires , o Grand prix RTL-Lire .  e no ano seguinte, o Prix des students francophones, dependente do Young Europeans Literary Award .  para seu romance Amours 

Outros Posts


PARCEIROS: