COMENTANDO:
Um Amor Incômodo

Helena Ferrante nos presenteia com a história de Delia que retorna a sua cidade natal para enterrar sua mãe, Amalia. Toda confusa, Delia a princípio, sente a morte da mãe como um livramento de tudo o que foi ou não dito, de tudo o que foi vivido e não agradou, da dor, da violência, da ausência, da angústia que um dia foi experimentado, das presenças que medo lhe causa pois deseja a morte de tudo o que não queria ter sido mas se é. Sempre em busca de si mesma sem perceber, acredita ser possível modificar o passado cobrando do outro a ausência de conflitos, não admira aquela história que foi escrita por personagens grosseiros que não souberam ser. Quer afeto, cuidado, gentileza, ser feliz é tudo o que quer. Buscando a verdade, mas se escondendo em mentiras, carrega a culpa que a consome, que a confunde até perceber que "a infância é uma fábrica de mentiras que perduram no imperfeito." E assim vai encarando o que acreditava estar perdido até atingir aquele "passo certo para uma pessoa adulta que não tem pressa."
Comentando postado em 17/04/2017
Autor: Elena Ferrante
Categoria: Adulto
Editora Intrínseca
Publicação: 2017
Fonte: Link: http://www.intrinseca.com.br/livro/692/

post de: Nan Lourenço

AUTORIA DO LIVRO

Elena Ferrante


Elena Ferrante é o pseudônimo de uma romancista italiana cuja verdadeira identidade é desconhecida do público. É autora de diversos livros, entre eles o infantil - Uma noite na praia, também publicado pela Intrínseca, e A amiga genial e História do novo sobrenome, os dois primeiros volumes da série napolitana, que a consagrou definitivamente como uma das mais importantes escritoras da atualidade.

Outros Posts


PARCEIROS: